ENTENDA A IMPORTÂNCIA DE LEGALIZAR O SEU NEGÓCIO DE VINHOS

O maior erro de quem está começando um Negócio de Vinhos é atuar na ilegalidade! Mas o que seria isso?

Atuar ilegalmente é quando você tem uma empresa/negócio sem CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica). Para operar de forma legal, o seu Negócio de Vinhos precisa estar enquadrado em um regime tributário, como MEI ou Simples Nacional.

Mas por que não posso atuar com o meu CPF? 

Bom, dentre os motivos, o primeiro é que ao revender vinhos e espumantes com o seu CPF, você esta fazendo algo ilegal e sujeito a ter suas mercadorias apreendidas pelo poder público e ainda receber uma multa. Você fica limitado a vender apenas para pessoas que você conhece, pois você não pode fazer a divulgação do seu negócio. 

O segundo motivo é que, começando pelo CPF, os seus fornecedores dificilmente vão enviar para você os preços de revendedor, que são muito menores comparados aos de consumidor final. Assim torna-se muito difícil ter uma margem de lucro rentável sobre os produtos.

O terceiro motivo é que formalizar o seu Negócio de Vinhos é gratuito e muito simples! Você pode fazer por conta própria através do site www.gov.br

→ Clique aqui para criar o MEI do seu negócio.

Legalizar-se é um processo que exige o pagamento de impostos mas também fornece vantagens  e garante direitos ao empreendedor. Confira os benefícios: 

→ Você terá um CNPJ, o que possibilita comprar produtos com valores específicos para revendedor;

→ Você poderá emitir notas fiscais, ganhando credibilidade junto aos seus fornecedores;

→ Os imposto recolhidos de um MEI possuem uma alíquota reduzida, sendo até mesmo menor do que impostos recolhidos de Pessoa Física (PJ);

→ A abertura do MEI facilita  a captação de recursos com instituições  financeiras, ou seja, acesso a linhas de crédito, com taxas de juros diferenciadas;

→ Um negócio legalizado é livre de diversos riscos, como multas, problemas com a Receita Federal e até o fechamento da sua empresa.

São diversos os motivos que tornam a formalização do seu negócio de vinhos um processo super importante, sendo que o principal deles é evitar problemas futuros como multas e até o fechamento de seu negócio. Para impedir que esse tipo de embaraço ocorra, é importante que você entenda a necessidade de ter um CNPJ e providencie a formalização de seu negócio junto aos órgãos governamentais.

Desejo sucesso e vida longa ao seu Negócio de Vinhos!

Até a próxima!

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.