O DELIVERY VEIO PARA FICAR

O DELIVERY VEIO PARA FICAR

Após o início da pandemia, segundo levantamentos realizados no e-commerce brasileiro, os consumidores fiéis a categoria de vinhos compraram um número maior de garrafas durante este confinamento doméstico, e aqueles que não são adeptos a tecnologia começaram a ver a compra on-line como uma opção para abastecer suas adegas no período de isolamento.

No segmento de bares e restaurantes o movimento não foi diferente, muito dos restaurantes que não atuavam neste modelo de negócio, entraram de vez no delivery e, visando melhorar a rentabilidade e acréscimo de faturamento nestas épocas de vacas magras, a oferta de vinho foi um boa alternativa de fidelização e acréscimo de receita para os estabelecimentos de alimentação fora do lar. 

Nos dias atuais, os protocolos sanitários contra a Covid-19 foram flexibilizados devido à vacina. Com isso as pessoas estão retornando às ruas com maior segurança. Mas isso não significa que o delivery perderá seu espaço na vida dos consumidores, pelo contrário, ele veio para ficar!

A praticidade, a economia e a comodidade farão com que o hábito de fazer uso do delivery se mantenha no pós-pandemia. Aproveite esta alta demanda para aumentar o faturamento do seu Negócio de Vinhos. Como?

Esteja presente nos aplicativos de delivery (Ifood, Delivery Much, etc), coloque nesses aplicativos os rótulos com maior margem de lucro, visto que o aplicativo cobrará um percentual sobre a sua venda. Os rótulos com menor margem, sugerimos a comercialização por delivery próprio, onde você mesmo faz a entrega.

Qual a melhor opção: aplicativos de delivery ou delivery próprio?

Se possível, esteja nos dois. Nos aplicativos de delivery você já conta com uma base de usuários, podendo ganhar mais visibilidade, acelerando o crescimento do seu negócio.  O delivery próprio possui vantagens como: comunicar-se diretamente com o seu cliente, poder trabalhar sua fidelização através de um contato mais próximo e atencioso e ter uma margem de lucro maior, pois você não terá os custos das plataformas de delivery via Marketplaces, que variam de 10% a 30%.

Invista em um processo rápido e eficiente na hora de organizar seu delivery de vinho, no que diz respeito a comunicação com o cliente e o serviço de entrega.

Depois de tomar conhecimento sobre estas oportunidades do delivery, eu corria logo contatar os fornecedores e fazer meu estoque de vinhos para vender via delivery. O consumo aumenta a cada dia, e é como eu sempre digo: “Quem chega primeiro bebe água limpa”.

Para saber mais sobre essa e outras estratégias de negócio, participe da SEMANA DA ARTE DE VENDER VINHOS, um evento online e gratuito, onde você vai descobrir como conduzir o seu próprio Negócio de Vinhos da maneira certa e faturar de 10 a 40 MIL REAIS por mês. Clique aqui para participar!

Forte abraço!

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.