O PASSO A PASSO PARA PROMOVER UMA DEGUSTAÇÃO DE VINHOS

"Pouring red wine, Canon 1Ds mark III"

O PASSO A PASSO PARA PROMOVER UMA DEGUSTAÇÃO DE VINHOS

Você já promoveu uma degustação de vinhos para os seus clientes? 

A degustação é a melhor maneira de envolver uma pessoa pelo Mundo dos Vinhos. Além disso, é uma boa estratégia para inserir novos rótulos no seu portfólio, promover as vendas  e fidelizar clientes. 

Esqueça a ideia de que degustar vinhos é uma atividade exclusiva para experts e profissionais da área. A degustação é uma oportunidade para proporcionar aos seus clientes uma boa experiência com os rótulos do seu portfólio, descomplicando o consumo e estimulando o apreço pela bebida e seus aspectos. 

Com o intuito de aproveitar essa oportunidade para fomentar o seu Negócio de Vinhos, preparamos este artigo com o passo a passo para a promoção de uma degustação. Confira.

A degustação precisa contar com no mínimo 6 participantes, para que seja viável a abertura das garrafas.

A escolha do Tema

Ao escolher o tema da degustação, leve em conta alguns fatores, como os vinhos que você tem em estoque, o preço dos rótulos a serem servidos e o gosto do público que estará presente.

Como saber o que os meus clientes gostam? Pergunte! Converse com o seu cliente e descubra quais rótulos ele gostaria de apreciar em uma degustação. Além de direcionar a sua degustação, você também estará demonstrando empatia e tornando o seu atendimento humanizado. O cliente se sentirá especial por saber que a opinião dele é importante para você. 

O tema da degustação pode ser definido como:

  • Varietal: a mesma variedade de uva, de diferentes regiões e produtores;
  • Origem: vinhos de um único produtor ou de uma mesma região ou país;
  • Horizontal: uma variedade de uva, de uma mesma região e safra, porém, de produtores diferentes;
  • Vertical: a mesma variedade, de um único produtor, porém, de safras diferente;
  • Tipo de vinho: branco, rosé, tinto, espumante ou licorosos.

Local

Escolha um local que comporte o número de convidados da sua degustação. Este local deve ter mesas e cadeiras para todos.

Se a mesa não for branca, tenha toalha, folha de papel ou guardanapo branco, para a melhor percepção da coloração dos vinhos.

O local deve ser bem iluminado, de preferência com luz branca.

Dica: se você não possuir um local para realizar a degustação, faça uma parceria com restaurantes locais. 

Ordem do serviço

Tipo: espumantes → brancos → rosés → tintos → licorosos ou fortificados.

Dulçor: secos → meio secos → doces.

Estrutura: leves médios encorpados.

Safra: mais jovens mais antigos.

Se a degustação for uma “Vertical”, convém seguir a ordem de produção, começando da safra mais recente para a mais antiga, a fim de avaliar a evolução do vinho em questão.

Analisando o Vinho

A análise do vinho se baseia em três aspectos: visual, olfativo e gustativo.

  • Na análise visual observa-se a cor e a tonalidade do vinho, sua limpidez (presença de sedimentos) e, no caso dos espumantes, a perlage (quantidade de borbulhas).
  • Na análise olfativa observa-se os aromas do vinho. Os principais são:

Frutado: frutas vermelhas, de polpa branca, tropicais ou cítricas.

Floral: normalmente encontrado em vinhos brancos e rosés.

Tostado: café, tabaco, madeiras, dentre outros.

Especiarias: ervas, temperos, pimentas, etc.

  • Na análise gustativa observa-se o dulçor, a acidez (quantidade de salivação em boca- quanto mais você salivar, mais presença de acidez no vinho), a presença de taninos (sensação de comer caqui e banana verde) e a persistência do vinho (por quanto tempo ele permanece na boca).

Importante: Essa análise é muito relativa, conforme a memória olfativa de cada um. Exemplo: você pode identificar em um vinho aroma de carambola, porém, se alguém presente não conhece essa fruta, a memória olfativa desta pessoa não fará a ligação do aroma com a fruta.

Não se apegue ao desejo de identificar muitos aspectos no vinho, pois o intuito é descomplicar e tornar o momento leve para os seus clientes, sem deixá-los intimidados. Mas, se você deseja aprofundar-se na análise do vinho, aqui vai uma dica: confira o livro Wine Folly.

Para facilitar a condução da degustação, acesse o site dos produtores ou entre em contato solicitando as fichas técnicas dos vinhos que serão servidos. Nestas fichas você visualizará os principais aspectos da bebida em análise.

Harmonização

Sirva alguns alimentos para harmonizar com os vinhos. Além de saciar a fome, servir acompanhamentos ajuda a limpar o paladar entre um gole e outro.

Faça uma pesquisa extra sobre as melhores harmonizações com os tipos de vinhos da sua degustação. Reforçando, obter a ficha técnica dos produtos facilitará esta tarefa, pois geralmente as fichas sugerem harmonizações com o vinho.

Se a degustação acontecer em um restaurante, selecione os pratos com antecedência, para casar o vinho com a refeição. Se a degustação for em outro local sem serviço de cozinha, aposte em chocolates, frutas, queijos e outros frios, nozes, castanhas e grãos diversos. 

Veja mais sugestões na imagem abaixo.

Quanto cobrar por convidado? 

No início, estipule um valor para a cobertura dos custos que você terá com a realização da degustação. O seu lucro virá das vendas posteriores dos rótulos.

Dicas importantes

  • Tenha disponível água à vontade, pois ela permite a limpeza do paladar entre a degustação de um vinho e outro.
  • Informe aos participantes a importância de evitar o uso de perfumes e outros cosméticos com aromas fortes, pois isso influenciará na hora da percepção dos aromas dos vinhos. 
  • Sirva os vinhos nas suas devidas temperaturas adequadas. Clique aqui para conferir um artigo sobre a temperatura ideal para cada tipo de vinho. 
  • Sirva em torno de ⅓ da taça. Se for menos, o degustador pode não ter uma experiência completa. Se for a mais, o líquido poderá esquentar na taça, comprometer aromas e ocasionar desperdícios. 
  • Utilize taças transparentes e que sejam de cristal, preferencialmente.
  • Pense nos materiais de apoio, como saca-rolha, tampa dosadora, balde p/ gelo, gelo, guardanapos, papel e caneta para anotações.
  • Confira o seu estoque de vinhos. O interessante é que você tenha em estoque os vinhos que serão servidos, para que, após a degustação, o cliente possa adquirir os rótulos. 

Reparou como é fácil organizar uma degustação? Lembre-se sempre de que, para promover uma boa experiência com degustações de vinhos, você NÃO precisa ser especialista no assunto. Basta planejar-se e seguir dicas como as abordadas no artigo de hoje.

Gostou desse conteúdo? Comente e compartilhe as suas dúvidas e sugestões sobre o assunto.

Até a próxima!

4 comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.